“Hoje é dia de festa…”

Liberdade daqui a: 367 dias !!!

 E aqui estou eu de novo, deste “lado das grades”, do bom lado das grades, do lado das pessoas saudáveis.

Ali vou eu a sair com a mala cheia de saudades. Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018. 19H00.

A minha terceira saída do Estabelecimento Prisional de Évora, com 4 anos e (quase) 6 meses de pena de prisão.

O foco: reunir em ambiente normal e saudável com a “ninhada”, festejar o meu aniversário com a Família!

Aquele caminhar algo apressado e decidido, era alimentado pelo conforto da certeza de estarem a “preparar-me” um festim digno de um hedonista eclético há muito afastado da companhia do Prazer.

Desta forma, a reclusão e o cumprimento da pena tornam-se mais suportáveis. Deve ser por isto que é tão importante o “suporte familiar no exterior”.

Feitas as contas, com seriedade, o saldo é muito positivo: mesmo recluído, afastado e repudiado, o núcleo duro mantém-se incólume, forte, fonte de Força, Carinho e Amor.

Perante tudo aquilo que me proporcionaram neste fim de semana, sinto-me como Próspero, a fabulosa personagem da “Tempestade”, de William Shakespeare. Para ser exacto, revejo-me nas palavras da sua filha Miranda: “Ó maravilha! Que adoráveis criaturas aqui estão! Como é belo o género humano! Ó admirável Mundo Novo, que possui gente assim!” (William Shakespeare, “A Tempestade”, Acto V)

Que bela gente esta que comigo partilhou o dia do meu aniversário, que colmatou a falta da “mãe Ju”, que proporcionou conforto, alegria e carinho à minha ”ninhada”.

Faltou apenas a Maria João.

Já alguma vez Vos fizeram sentir os privilégios que gozava (muitas vezes despudoradamente) um Príncipe Renascentista?

Alguma vez sentiram o carinho sem qualquer tipo de exigência, qualquer forma de compromisso, apenas porque sim, porque se sentem bem se tu te sentires bem?

Quando alguém dá tanto a outrem (sendo que esse “outrem” neste caso sou eu) que nada pode dar em troca, um sujeito que carrega consigo a mácula do crime, um pária, então, é nestas ocasiões que se vê a dimensão de quem está a dar desinteressadamente!

Escrevo estas linhas hoje, dia 23 de Setembro de 2018, quando faltam menos de 24 horas para regressar ao Inferno, e, despudoradamente, repleto de tudo, farto de Amor e Companheirismo, confesso-Vos: ainda não recuperei da “Festa”, daquilo a que o meu filho-homem de 4 anos, o João De Sousa, Jr., descreve como “a altura em que o Pai vem a casa e somos felizes!”

Comeu-se, bebeu-se, caiu-se. Cantou-se, dançou-se, riu-se e chorou-se!

“E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada. Que seja a minha noite uma alvorada. Que me saiba perder, para me encontrar!” (Florbela Espanca)

Durante muito tempo, ontem, mais tempo do que o meu corpo debilitado pela reclusão permite, o meu organismo que de tanto penar com a comida que me obrigam a deglutir demora a “arrancar” para apanhar o António, esqueci completamente que era recluso, condenado pela prática de um crime de Corrupção!

Não esqueci porque ébrio fiquei: olvidei a condição a que me sujeitaram porque “aquelas adoráveis criaturas” que ali estiveram comigo generosamente, permitiram que assim fosse.

Reparem naquilo que a “ninhada” ensinou ao pai. Sabiam Vocês que isto é um “efeito boomerang”?

Sim, reconheço: a felicidade plena faz de nos uns autênticos dementes sem tratamento conhecido! A felicidade verdadeira inebria, enlouquece, entontece!

Não acreditam?! Acham que exagero!? É normal após um oceano inteiro de ausência?!?

Então vejam esta do Ex-Inspector João De Sousa, “MasterBlaster” dos Homicídios, um Farol de Conhecimento, autêntico Colosso de Proficuidade!

Pois é! Sabem o que é pior? O pior é que nesta altura ainda não se tinha bebido nada!!!

Ai, a “minha bela Ninhada”!

Não percebem que o Pai está um ano mais velho. Não repararam, porque o Pai rapa a cabeça e assim não se vê (ou talvez rape porque não permite que se veja), que o “andamento” é outro e já não aguenta mais, pesando-lhe a vasta multitude de cabelos brancos.

Não entende a “ninhada” que no dia de hoje, menos de 24 horas depois do evento já conhecido como “A Festa”, eu não estava em condições de fazer a famosa iguaria “Tudo ao molho e fé em Deus”?!?

– Mas Pai, o mano nunca comeu! Nunca te viu a fazer o “Tudo molho e Fé em Deus”! – a Leonor.

– Vá lá, Pai! – a Helena.

– O que é isso?!?! Magia!?!? – o Junior.

Como é que eu, “O Grande Mestre da Ordem dos Magos e Feiticeiros” podia negar o “Tudo ao Molho e Fé em Deus” a estas adoráveis criaturas? Não podia!

Aqui está o “show-cooking” do “Tudo ao Molho e Fé em Deus”!!!

A “ninhada” já está a dormir. Reina o silêncio, somente incomodado pelo “martelar” das teclas do teclado do computador.

Estou estoirado! O texto está a demorar mais porque desde que o comecei já fui três vezes à casa de banho!

Não sei se foi pelo que comi. Terá sido pelo que bebi? Ou será que apanhei uma intoxicação de Amor? Olhem que pode acontecer!

Vou terminar porque amanhã tenho que regressar a “Ébola”! É isso, claro que é!

O intestino ficou irritado com os nervos! Vou regressar, e lá dentro é mesmo tudo ao “Molho e Fé em Deus”, mas sem “chantilly”, o gelado de natas, a “ninhada” e o Amor generoso das “adoráveis criaturas” que comigo partilharam  o dia do meu aniversário!

Obrigado a todos!

Anúncios

11 thoughts on ““Hoje é dia de festa…”

  1. Que cabrão! É com o dinheiro que disseste que tinhas enterrado a Juiza que agora andas a comer. Não se deixem enganar por este psicopata. Pobres crianças.

    • Sinceramente, o único psicopata que encontro neste blog é V. Exa. Sr(a) “anónimo(a)”.
      Uma pessoa normal vive a sua vida, não está até à 1 da manhã à espera para destilar ódio.
      Parabéns Inspector. Já falta pouco.

  2. Se fosse a jessica rabbit cantava-lhe os parabéns…
    Atrasados, mas com belissimos desejos para si, para a sua família.
    São esses pequenos, grandes momentos que partilhou, tão carinhosamente, que nos fazem seguir em frente e quiça acreditar num mundo melhor.
    Go jonhy…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s