“Texto extraordinário, infelizmente!”

Estimado(a) Leitor(a), este texto é extraordinário no sentido que não é conforme ao costume geral, ou seja, vai ser publicado antes de segunda-feira, sendo que, no dia 6 de Junho de 2016 (2ª feira), publicar-se-à o costumado texto.

E infelizmente porquê?

Passo a explicar.

A petição que gentilmente mais de 1000 pessoas subscreveram, a petição nº112/VIII/1, cuja entrada na Assembleia da República se verificou a 13 de Maio de 2016, desceu à comissão respectiva – Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias – em 25 de Maio de 2016. Está em apreciação.

Aguarda deliberação sobre a sua admissibilidade.

O número mínimo para a aceitação são 1000 assinaturas.

Informa o “site” da Assembleia da República que a petição tem somente 786 assinantes válidos.

Apurou-se junto da A.R. que alguns assinantes somente colocaram o primeiro e o último nome, devendo cada assinante colocar o nome completo e o número do seu B.I. ou Cartão de Cidadão.

Agora vem o infelizmente: indivíduo ou indivíduos deram-se ao trabalho de “sabotar” a petição, preenchendo o campo do nome e depois colocando “1,2,3,4,5,6,7” no espaço reservado ao número do documento de identificação! Isto foi repetido inúmeras vezes, sempre com nome diferente e o mesmo número! Infelizmente!

Já o tinha deixado em outro texto, mas vou repetir: a petição não é para colocar em casa com pulseira o Inspector João de Sousa; não tem como objectivo colocá-lo em Liberdade ou inocentá-lo dos ilícitos que possa ter praticado! As petições não têm esse poder! Sosseguem, só o Tribunal pode condenar ou absolver!

A petição tem um nobre objectivo: solicitar ao Legislador, debate sobre o Instituto da Prisão Preventiva, os prazos da prisão preventiva e a forma como é aplicada.

Não se trata da minha prisão preventiva! É a de todos!

É um exercício de civismo, de discussão pública, uma iniciativa que reuniu muitos esforços, muito zelo e dedicação por parte de várias pessoas.

Infelizmente, um ou vários indivíduos, ignaros, assustaram-se e devem ter articulado no seu fraco cérebro “Não podemos deixar o tipo sair da prisão! Vamos “minar” a iniciativa!”

A petição não tem esse propósito!

A partir de 4ª feira, 1 de junho de 2016, somente 30 dias são ofertados para reunir as 214 assinaturas em falta.

Não sei se é possível conseguir tal número.

Se por acaso o meu “secretariado” e aqueles que de imediato se disponibilizaram a reunir o número suficiente de assinaturas, não o lograrem fazer, não desanimem, não desistam, olhem para mim: depois de tanto perder, ainda aqui estou a reagir!

Quanto ao(s) pobre(s) beldroegas que só dão força aqui ao recluído empresta(m), uma vez que labor emprega(m) no prejuízo da minha pessoa, inferindo-se facilmente que esquecido não estou e sombra ainda projecto, arranje(m) vida social ou trabalhe(m) nas horas de expediente em vez de estar(em) a navegar na “net”!

Lamento todos os outros que de forma honesta assinaram e foram “sabotados”, agradecendo a atenção e diligência apresentada.

Um abraço a todos!

J. de Sousa

Petição nº112/VIII/1: http://www.peticaopublica.com/viewsignatures.aspx?pi=AjudeQuemNosAjudou

Anúncios

16 thoughts on ““Texto extraordinário, infelizmente!”

  1. Não deem ouvidos a este gajo! Eu conheço é um manipulador vaidoso. Para bem do filho é bom que ele fique uns 10 anos a apodrecer. Assim o miúdo não tem a influência dele. Assim a pobre criança não leva com ele, não vai ser vaidoso, com a mania que sabe tudo. Ó cagão tudo que estiver ao meu alcance eu vou fazer para apodreceres aí. És um manipulador. é pena é as crianças, três miúdos a levar contigo, com o teu ego. Há-des apodrecer aí, eras tão bom nas confissões porque eras bandido e nós não sabiamos. Não liguem a este gajo, ele está a manipular os parvos que o leem. eu sei quem tu és. Não vales nada! Apodrece!

    • Parvo és tu, seu recalcado malévolo… Desconheces a lei da causa… Atira-te aos que estão em igualdade de circunstâncias contigo, não sejas cobarde, ao agredites quem está diminuído na sua liberdade… Independente de culpas ou não culpado, tu, criatura insana, não sabes o que te reserva o futuro, nem ao que te são mais próximos.
      O Universo é dinâmico, tudo é energia, e, o que tu desejares ao próximo, a ti retornará…

    • Sei-quem-tu-és, eu se fosse a ti tinha cuidado como as coisas andam não me admira nada que o teu telemóvel esteja a ser escutado ou estejas a ver vigiado. Daqui a uns meses estás lá dentro a ganhar bolor e depois quem se vai rir, adivinha ? Já chegaste lá ? Há pois é ! Não se deve atirar pedras, é todos temos telhados de vidro!

    • Boa noite 🙂
      Desculpe….Porque não se identifica?

      “Hás de apodrecer….”
      Esta a ver “sei-quem-tu-és”…….?!
      …todos nós erramos…. 😉
      Bom descanso.

    • Sendo uma pessoa tão conhecedora do caracter deste Sr. porque não se identifica ou sendo um individuo que atuou à margem da lei porque não o denuncia às autoridades? Estamos num país livre deixemos a cada um de nós a liberdade de ajuizar, de condenar, de absolver ou mesmo ignorar estes casos mediáticos. As referências aos menores demonstra falta de bom senso.

    • Somos todos parvos?
      E o “sei-quem-tu-és” é que sabe tudo?
      E dantes não sabia nada?
      E agora já condena, sem esperar pelo Juiz?
      Tem pena das crianças? Deve estar convencido que somos mesmo parvos!!!
      Só você é que não é parvo, é isso?
      Sr. Agente, acabou de demonstrar que a PJ anda mal servida, pois quando os seus agentes não conseguem controlar os Ódios de estimação, é mau sinal, e ainda por cima vem aqui despejar os seus recalcamentos contra um colega.

      Tenho a impressão que se o João não for condenado, você é capaz de tudo para dar vazão ao seu ódio. Será que ele passou-lhe à frente nalgum concurso ou promoção ?

    • Não defendo o Sr. João de Sousa, pois não o conheço!
      Mas… o Sr. como consegue deitar-se no travesseiro, tão cheio de ódio?!
      Incrivel, mesmo!
      Este mundo anda do avesso com estas mentalidades, com tanta maldade!
      Nem tenho mais palavras: como bebe tanto ódio?!

  2. Ò sei-quem-tu-és eu não sei quem tu és mas só podes ser de certeza muito mais bandido que o João de Sousa. Esse ódio de onde vem? por ele ser vaidoso e ter a mania que sabia mais que os outros. Desculpa lá mas isso que eu saiba ainda não é crime. Que ele esteja a ser punido também por isso é verdade. Que o facto de ser investigado pela “prata da casa” também contribuiu e muito para isso é verdade. Que os ódios e racalcamentos tenham vindo ao de cima, pelo facto de o conhecerem bem, também é verdade. Resumindo tu só podes fazer parte desse leque de execráveis que também sabotaram a petição. APODRECE TU!!!

  3. Nem todo o orgulho que sinto pelo sangue que me corre nas veias me liberta desta sensação de que o meu País se tornou um vasto Oceano de Ignorância, iniquídade, corrupção e mediocricidade!
    De incultos ileterados que sem um pingo de formação moral se alvitram em juíz e carrasco. Tenho esperança que a “limpeza ao armário” que se verifica nas nossas estruturas sociais prossiga! Desejo para os meus filhos um País onde a “cunha” e a corrupção não sejam a forma de singrar na vida!
    A todos os detidos desejo justiça e a possibilidade de poderem reerguer-se e serem realmente introduzidos em sociedade. Justiça para os injustiçados; trata-se de uma situação injusta e desumana, como tantas outras; não sou profissional do ramo mas como cidadã tenho o direito a pensar, refletir e a formar uma opinião: como cidadã ninguém deve ser privado do seu rendimento, não faz sentido um País onde os políticos após se retirarem continuam a receber um qlq “soldo” e as pessoas detidas preventivamente; sem terem sido submetidas a julgamento, são privadas do seu rendimento mensal; …
    Desejo sinceramente Justiça!

  4. Ao mentecapto do “sei-quem-tu-es” as minhas palavras…
    Em primeiro lugar, tapado aqui…não sou eu…Pois em tribunal, perante o colectivo de Juízes, o Sr João de Sousa, reconheceu as práticas de todos os que integram o clã que ele representou…
    Fala-se em escutas ilegais ao vosso colega, não aceites em tribunal pois são ilegais…
    Está parado o julgamento porque a perícia do material apreendido não foi efectuada com legitimidade e muito menos com rigor…
    Oh “Sei-quem-tu-es/carrasco/anonimo”…Eu também sei quem tu sois…fazes parte do excremento que invade a vida de um qualquer cidadão, ou criminoso, e és incompetente de fazer o teu trabalho com rigor…
    Es dos que chegas a qualquer sítio e mete o crachá à frente a intimidar para beberes de graça….
    Es dos que pedem aos teus colegas das escutas para controlar o telemovel da tua amante, namorada e mulher…
    sabes o que és? Mas assim de verdade? Uma diarreia cerebra em avançado estado de decomposição…
    Se de facto vens la de dentro…pela tua inteligência…qualquer dia és chefe…porque es como os burros…não tens cérebro…lamber botas e sabes a baixar a cueca ou a lamber botas…
    Porque se fosses um profissional…terias feito o teu trabalho decentemente, terias feito correctamente tudo o que te competia fazer à luz da LEI..
    Mas…não passas de um “corno” judicial…
    Que a petição esteja completa, que o Sr João volte ao trabalho…
    Seria interessante….

    À família as minhas desculpas mas estou cansado destes mendigos de afecto…

  5. Enfim, BÓFIAS no seu melhor. A verdadeira face destes trastes, no pais da denuncia, verdadeira ou falsa não interessa. Só falta aqui o pasquim, O CRIME (CM) e a fantástica jornaleira Tânia e C&, ilimitada

  6. Será que quem aqui vem criticar não entende que só criticamos aquilo que de alguma forma nos interessa? O João DE sousa não tem nenhum colega homosexual? Noto aqui algo mais intenso do que a inveja… Eu que não sou psicóloga…é a minha opinião! É triste criticar e apontar o dedo e ser tão cego ao ponto de não ver que se aqui vem e se perde tempo da sua preciosa vida aqui é porque o sr. Joao DE sousa é muito importante…PELO MENOS PARA SI! Eu encontrei este blog enquanto pesquisava o tema ” dos dois lados do amor” … Esta noite sonhei que estava às escuras…

  7. Se o objectivo da Petição é fazer com que os deputados da AR façam uma revisão da Lei sobre prisão preventiva em Portugal porque é que NÃO É ESSA SIMPLES FRASE que consta no texto da petição ? e porque é que o texto é o disparate que abaixo transcrevo e que uma pessoa como eu não pode assinar (mas se fosse realmente para rever a Lei da PP em Portugal assinava de caras ? han ?
    Vai-me desculpar mas o seu “secretariado” é burro ! Porque é que não foi você, que é um gajo inteligente, a redigir o texto ? han ?

    Texto: É PRECISO FAZER A DIFERENÇA, AJUDE
    “Já passou tanto tempo, é vergonhoso o tempo que já passou. O Inspector João de Sousa continua preso passados 19 meses, mais de um ano e meio e sem julgamento com data marcada.
    Agora o Inspector vai ser castigado por se expressar, por falar nas falhas das prisões, por ter informado que outro preso morreu em Évora, por ter denunciado os privilégios do Sócrates.
    Vai estar fechado, isolado,6 dias, sem poder ver a família como costuma fazer. Tudo por falar, por nos informar.
    É um escândalo. Vamos ajudar quem tanto nos ajudou!
    Contribua, é só assinar a petição, colocar o seu número de cartão de cidadão/bilhete de identidade, para que possamos apresentar a petição aos parlamentares e às comissões de Direitos humanos e liberdades, direitos e garantias.
    Mais de ano e meio preso sem julgamento, agora castigado por denunciar injustiças, revoltem-se, ajudem, ele não está com os três filhos e a mulher há mais de ano e meio. Ajudem. Assinem.
    Ajudem a acabar com esta vergonha. Assinem!
    Leiam o blogue “Dos Dois Lados das Grades”, informem-se sobre toda esta vergonha!
    Assinem, por favor! Obrigado!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s